Falha em Rolamentos – Tudo o que Você Precisa Saber

Rolamento em processo de oxidação

Você sabe quais são os principais motivos pelos quais ocorre falha em rolamentos? Este artigo vai acabar com todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Os rolamentos são componentes mecânicos cruciais para o setor industrial, encontrados em variados tipos de aplicações que necessitam do uso dessas ferramentas.

Esses equipamentos apresentam uma resistência surpreendente, mesmo trabalhando em condições extremas de uso, por isso, entregam alta produtividade e um ótimo funcionamento das máquinas industriais.

Mas, para isso, é preciso que essas peças passem por manutenção periodicamente, principalmente para garantir uma maior vida útil para elas.

Quer saber sobre tudo isso e muito mais? Veja!

Classificação das Falhas em Rolamentos

Existem duas categorias que podem classificar uma falha em um rolamento: falha operacional e falha pré-operacional.

As falhas operacionais ocorrem no momento em que o rolamento está trabalhando, ou seja, quando ele está sendo utilizado.

Já as pré-operacionais ocorrem antes da operação das máquinas, em momentos antes ou no instante de instalação do rolamento. Podemos citar alguns exemplos de cada uma:

  • Falhas operacionais: lubrificação insuficiente ou em excesso, vedação ineficiente, desalinhamento operacional e vibração. 
  • Falhas pré-operacionais: ajuste incorreto da máquina, desalinhamento estático, montagem inadequada, tensão excessiva, manuseio e armazenagem inadequada.

Quais são os tipos de falha em Rolamentos?

Para fazer a classificação dos tipos de falha em rolamentos são usados grupos e alguns subgrupos de danos que uma máquina pode sofrer.

Dentre eles, citaremos os principais, para que você possa saber mais sobre os motivos por trás das falhas em diversos equipamentos. Eles são:

Fadiga do rolamento

Causada pelas tensões cíclicas que surgem na área de contato do equipamento, a fadiga do rolamento causa alterações na estrutura do material que o compõe.

Por isso, a fadiga costuma se apresentar, visivelmente, como a descamação de partículas na superfície.

  • Fadiga subsuperficial: aparecimento de micro-trincas abaixo da superfície da pista do rolamento. Ao se propagar para a superfície, essas micro-trincas acabam produzindo lascas maiores no rolamento.
  • Fadiga iniciada na superfície: Estresse da superfície do rolamento. Remoção das rugosidades da superfície metálica de contato devido à lubrificação ineficiente.

Desgaste do rolamento

O desgaste de um rolamento é a remoção progressiva dos materiais, que ocorre devido à interação direta entre duas superfícies em contato enquanto a máquina se encontra em funcionamento.

  • Desgaste abrasivo: o desgaste abrasivo é resultado da lubrificação inadequada ou da presença de contaminantes na graxa
  • Desgaste adesivo: o material que compõe o rolamento ou a máquina é transferido de uma superfície para outra por causa do calor gerado pelo atrito entre as peças.

Corrosão no rolamento

A corrosão do rolamento consiste na deterioração que ocorre em umas de suas superfícies metálicas, que é o resultado da oxidação ou de reações químicas ocorridas nessas superfícies.

Essa corrosão pode ocorrer por diferentes motivos. São eles:

  • Corrosão por umidade: com a umidade presente na região metálica, o resultado é a ocorrência da oxidação dessas superfícies
  • Corrosão por atrito: a corrosão por atrito ocorre por conta da movimentação relativa entre as superfícies que ficam em contato, sob certas condições de atrito
  • Corrosão por contato: oxidação e o desgaste das asperezas superficiais devido à movimentação oscilatória.

Sobrecarga

A sobrecarga dos rolamentos são causadas por cargas estáticas ou de impacto, e causam a deformação plástica do rolamento, gerando falhas em sua funcionalidade.

Indentações por detritos

Os detritos são pequenas partículas que podem surgir por conta do atrito entre as peças ou por causa de uma graxa contaminada usada na lubrificação.

Essas partículas passam pelos elementos rolantes nas áreas de contato e formam indentações no equipamento.

Fratura forçada

As fraturas forçadas consistem em danificações causadas pela concentração de tensão, que acaba excedendo a resistência do rolamento.

Práticas de montagem inadequadas

Um dos principais motivos pelos quais ocorrem falhas em rolamentos, são as negligências cometidas na hora da manutenção, montagem e manuseio do equipamento.

Os danos que um rolamento pode sofrer por conta dos impactos na hora do manuseio da peça são diversos e devem ser totalmente evitados.

Um rolamento consegue ser bem resistente, mas, nessas situações, os impactos acabam sendo maiores do que sua capacidade, causando deformações em sua superfície e, mais tarde, a falha prematura do equipamento.

Falha em Rolamentos – Como Evitar?

Rolamento desmontado
Rolamento em boas condições de uso

A grande maioria dos rolamentos e algumas outras peças industriais já recebem lubrificação de fábrica, essencial para o bom funcionamento.

O que acontece com esses equipamentos é que, na maioria das vezes, os proprietários acabam os retirando de suas embalagens originais, para fazer o transporte, e não os mantêm armazenados dentro do mesmo pacote.

Esse hábito não é adequado!

Além disso, existem outros cuidados que devem ser tomados com essas ferramentas, como:

  • O local para onde será feito o armazenamento não deve possuir poeira, umidade, vibrações e calor
  • O tempo em que um rolamento deve ficar armazenado não deve ultrapassar os três anos
  • A temperatura do local não pode ser menos que 6°C e nem maior que 25°C
  • Não deixe os rolamentos armazenados na posição vertical
  • Deixe os rolamentos sempre na horizontal, de modo que o seu peso fique apoiado em toda a sua circunferência
  • A cada ano de armazenagem, a posição de apoio dos rolamentos devem ser invertidas
  • Para o manuseio dos rolamentos, use luvas
  • Os impactos podem prejudicar os rolamentos, então é bom estar sempre evitando
  • Em caso de grandes equipamentos, ou seja, em rolamentos de grande porte, o ideal é transportá-los de forma segura: na horizontal e amarrado
  • Sempre dê preferência a manter os rolamentos bem protegidos, principalmente se estiverem em ambientes muito agressivos. 

E para ter o apoio e a supervisão de profissionais especializados em serviços industriais, para garantir o bom funcionamento, maior produtividade e vida útil do seu rolamento, você pode contar com a ServiLub.

Nossa empresa é especializada no fornecimento de serviços e produtos de Lubrificação e manutenção industrial, tendo como foco a satisfação e a entrega de serviços completos e de qualidade para os nossos clientes.

Para saber mais sobre a empresa, ou sobre as falhas nos rolamentos utilizados em aplicações industriais, você pode entrar em contato através do telefone (27) 3256-1025 ou do nosso email comercial@servilub.com.br. Converse com a gente, cuide de seus equipamentos!

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.